Conta alta

Um dos principais sintomas de vazamentos de água em um imóvel é a conta alta demais sem nenhum motivo aparente.

Esse problema, muitas vezes, inclusive, é o primeiro sinal de que algo está errado na rede hidráulica de qualquer imóvel, independentemente se oriunda das fornecedoras Sabesp ou de outra companhia.

Por isso, é importante sempre ter um controle de quanto se gasta por mês, e se a conta chegar elevada demais, é recomendado ficar em alerta para evitar maiores problemas no futuro.

Quer saber mais um pouco a respeito de conta alta, como se prevenir disso, e mais alguns outros detalhes?

Acompanhe o texto, então.

Causas do aumento da conta

Pra começar, vamos mostrar alguns dos principais motivos que podem fazer sua conta de água ficar mais alta de um mês para o outro.

Você irá notar que nem sempre há um problema hidráulico no imóvel.

Veja que causas são essas:

Reajuste de tarifa

Esse pode ser um dos motivos de conta alta em sua região.

Por isso mesmo é importante ficar atento aos noticiários, pois, a empresa abastecedora informa o aumento de tarifa por eles.

Caso a conta venha com uma tarifa não noticiada com antecedência, você pode contestar a fatura fazendo uma reclamação do site da empresa ou procurando um dos postos de atendimento dela.

Ou seja, sempre que receber sua conta mensalmente, verifique se não tem nada de errado nas cobranças.

Maior consumo no período

Outro fator que pode ter a ver com o aumento da conta de água pode simplesmente ser um consumo maior durante o tempo de faturamento daquele mês.

Isso pode acontecer por receber hóspedes, e, consequentemente, os gastos com água ficam maiores com o aumento de moradores.

Desconfie apenas se o aumento for excessivamente elevado, mesmo com mais pessoas no imóvel.

Tirando essas duas possibilidades que citamos até então, só resta uma possível causa para aumento da conta.

Vazamentos de água

Esse daqui é um dos principais problemas que geram conta alta, especialmente se o vazamento for do tipo oculto, que tenha passado despercebido até então.

Até mesmo torneiras e chuveiros pingando com frequência podem causar aumento na fatura, visto que podem ser litros e mais litros de água desperdiçados.

Por essa razão que é fundamental localizar e consertar qualquer avaria hidráulica assim que você notar sinais de problemas, sejam manchas de mofo ou bolor nas paredes, sejam azulejos se soltando,

Porém, esses não são os únicos prejuízos que um vazamento pode ocasionar.

Veja mais a seguir.

Prejuízos por vazamentos

Engana-se quem pensa que vazamentos de água só causam conta alta.

Na verdade, avarias hidráulicas podem, a depender do tamanho da avaria, e do tempo sem conserto, ocasionar transtornos bem graves.

Dentre os quais, podemos citar estes aqui:

Financeiros

Obviamente o primeiro prejuízo que um vazamento de água causa é financeiro, seja pelo aumento da conta, seja pela necessidade de reformar áreas atingidas por infiltrações, por exemplo.

Além da própria conta alta que vazamentos geram em decorrência de desperdícios, claro.

Pra se ter uma ideia, uma simples torneira pingando pode desperdiçar cerca de 1200 litros de água, ou 1,3 metros cúbicos mais ou menos.

Portanto, esse tipo de avaria nos imóveis é um dos responsáveis pelos maiores gastos que você pode ter caso não resolva o problema com a rapidez necessária.

Na estrutura do imóvel

Além da questão financeira em si, a estrutura do imóvel pode ficar bastante comprometida por causa de vazamentos.

Em longo prazo uma infiltração pode apodrecer os alicerces de uma casa ou prédio, comprometendo partes da construção que estão no solo, como figas.

Sem contar que esse tipo de problema ainda desvaloriza o imóvel, consequentemente, gerando transtornos financeiros também.

Mas, acima de tudo, o que fica comprometida mesmo é a segurança de todos os que moram ou trabalham no local, e por isso, qualquer vazamento precisa de conserto o mais rápido possível.

Saúde dos moradores

Outro ponto importante em relação a vazamentos é que eles comprometem a saúde de todos do local.

Por exemplo: paredes com mofo ou bolor tendem a provocar alergias, como problemas respiratórios e até de pele.

Inclusive, se o vazamento estiver no esgoto, isso pode fazer proliferar ratos e outras pragas.

Sem contar ainda que água parede é foco constante de insetos, como o transmissor da Dengue, por exemplo.

Ou seja, um simples vazamento, caso não seja devidamente resolvido, pode gerar inúmeros transtornos, de gastos desnecessários a problemas sérios de saúde.

Por isso, antes de mais nada, prefira sempre fazer a prevenção de vazamentos para evitar prejuízos com conta alta.

Detalhes da fatura

Pra garantir que você esteja pagando valores corretos pelo consumo de água em seu imóvel é importante conhecer os principais dados que aparecem mensalmente em sua conta.

Vamos detalhar isso agora:

Código do Cliente

Também chamado de CDC, esse código funciona como uma espécie de “identidade” do usuário.

É um número, portanto, que identifica a localização do imóvel, sendo necessário informá-lo sempre que se entrar em contato com a empresa de abastecimento.

Com esse código, você pode solicitar diversos serviços, como a negociação de faturas em aberto, por exemplo.

Importante destacar ainda que próximas a essa numeração estão informações como me de referência, valor a pagar e, obviamente, data de vencimento.

Serviços oferecidos

Outra informação que você pode encontrar na sua conta mensal é com relação aos serviços prestados pela concessionária.

Entre esses serviços, podemos destacar, por exemplo, captação, tratamento e distribuição.

Inclusive, o serviço de tratamento é importantíssimo para tirar todas as impurezas da água coletada em reservatórios.

Além disso, já está incluso o serviço de manutenção da rede hidráulica de canos e tubulações sob responsabilidade da concessionária.

Essa porcentagem de cobrança cobre eventuais problemas que venham a acontecer no encanamento, como avarias que provocam vazamentos e infiltrações nas ruas e nos imóveis.

Outras informações presentes na futura

De um modo geral, você irá encontrar também em sua conta mensal a data de sua emissão, bem como a leitura feita no hidrômetro pelo funcionário da concessionária.

Os dias de consumo e a mediação do período estarão no documento, bem como o histórico de consumo dos últimos 6 meses.

Tarifas à parte podem ser cobradas na fatura a depender da região e do porte do imóvel.

Além disso, caso tenha faturas atrasadas, esses débitos pendentes constarão na conta também.

E uma das informações mais importantes que esse documento possui é justamente o seu histórico de consumo.

Com isso, você pode perfeitamente controlar aquilo que gasta.

Para saber mais, continue no texto.

Consumo de água

Aprender a calcular a média do seu consumo de água mensal garante que pode possa controlar o valor que gasta mês a mês.

Com isso, você identifica, por exemplo, se um valor veio mais alto, o que pode ser em decorrência de vazamento.

Para fazer a leitura da sua conta é bem simples: basta subtrair o consumo atual pelo do mês anterior.

Esse consumo, diga-se de passagem, é calculado em metros cúbicos.

Se hoje o seu consumo está em 500 m3 e a fatura anterior deu uma quantia de 480 m3 é porque nesse mês específico você gastou 20 m3.

E como converte isso em dinheiro? Simples: distribuindo o volume pela faixa de consumo cobrada pela concessionária.

Se a empresa de abastecimento possui, vamos supor, 6 faixas de consumo, onde a primeira é até 10 m3, como valor hipotético de R$ 20,00, se você gastar até essa quantidade de água pagará esse valor.

Lembra que o cálculo anterior deu um consumo de 20 m3?

Suponhamos que a empresa tenha uma segunda faixa de consumo, no qual ela multiplica o excedente por um valor fixo (digamos: R$ 2,00).

Como o excedente foi de 10 m3, então é só fazer: 10 x 2 = 20,00.

Com os R$ 20,00 da tarifa mínima, a sua conta dá um total de R$ 40,00.

Por isso, é importante também saber essa questão de faixas de consumo, e o valor cobrado pelos excedentes.

Geralmente, as faixas de consumo são nas seguintes quantidades:

  • 3 a 10 m3
  • 11 a 20 m3
  • 21 a 50 m3
  • Acima de 50 m3
  • Mas, se você notar que a conta veio mais alta do que o normal, a quem recorrer?

    É o que veremos a seguir.

    Verificar contas

    Caso você recebe uma conta alta que esteja fora dos seus padrões de consumo, você precisa fazer alguns procedimentos.

    São estes aqui:

    Reflita o que pode ser

    A primeira atitude é tentar entender esse valor elevado.

    O consumo pode ter ficado alto porque nesse período mais pessoas estavam no imóvel, e a água gasta for maior do que o normal.

    Quanto a isso, não tem o que fazer, já que não houve falhas de leitura do hidrômetro, nem há avarias na rede hidráulica do local.

    Porém, existem outras causas e essas são mais comuns.

    Suspeita de vazamentos

    Caso a conta alta não seja realmente por aumento de consumo, então, o problema pode ter origem em avarias de canos e tubulações do local.

    O agravante é que talvez seja difícil localizar o ponto exato do vazamento, e podem ter várias avarias em locais diferentes.

    Por isso, a recomendação, nesse caso, é contratar uma empresa de caça vazamentos para localizar e consertar as avarias, caso haja alguma nas tubulações do imóvel.

    A vantagem de contratar um serviço profissional desses é que os técnicos da área emitem laudo técnico e garantia, deixando o trabalho mais profissional e seguro.

    Lembrando que vazamentos de água podem estar em pias, chuveiros, Caixa d'água, caixa acoplada, válvula hydra, cavalete de água ou outros lugares da rede hidráulica.

    Há duas situações envolvendo a conta de água nesse serviço de caça vazamentos, e são esses pontos que falaremos a seguir.

    Vazamento detectado

    Caso o técnico encontre a avaria que esteja desperdiçando água e fazendo você pagar uma conta alta, e esse vazamento for aparente, não tem como contestar a fatura.

    É praticamente unânime de que todas as empresas de abastecimento só aceitam contestação de conta se o vazamento for oculto.

    Na verdade, a reclamação envolvendo cobrando além de contemplar vazamentos não-aparentes, também pode ser feita por causa de erro na leitura ou mesmo falha no hidrômetro.

    Isso acontece porque a responsabilidade das concessionárias é dos canos que vão das ruas e avenidas até os cavaletes.

    Do registro pra dentro, a manutenção das tubulações é do proprietário do imóvel.

    Em todo caso, em situações de vazamentos ocultos ou aparentes, você ainda pode tentar negociar com a empresa abastecedora para evitar cortes no abastecimento.

    Nenhum vazamento localizado

    Neste caso, após algumas verificações, testes e detecções mal sucedidas por aparelhos de ultra-som, é importante ligar imediatamente para a concessionária de água e esgoto da sua região.

    É provável, por exemplo, que o registro do cavalete tenha algum problema, seja por tempo de uso, seja por danos de terceiros.

    Também é de muita importância que o diagnóstico da empresa de caça vazamentos esteja registrado em laudo técnico.

    Leve esse laudo junto com as suas últimas contas de água e vá a um posto de atendimento da sua concessionária.

    Lá, abra uma reclamação por cobrança abusiva, e exija o pagamento da conta atual de acordo com a média desses meses mais recentes.

    Importante destacar ainda que não existe uma lei específica que obrigue a empresa a aceitar sua reclamação, mas, via de regra, muitas acatam a solicitação.

    Ainda assim, se o seu pedido for negado, a recomendação é entrar com ação judicial, pois, os juizados de pequenas causas não atendem questões assim, nem mesmo o PROCON.

    Portanto, o ideal é olhar as contas todos os meses, evitando pagar mais do que é devido.

    Evitar conta alta

    Além dos motivos e uma conta alta e do que fazer quando ocorre aumento de fatura, vamos mostrar a você agora como evitar esse problema de maneira simples e imediata.

    Entre as recomendações, citamos as seguintes:

    Confira com frequência se tem vazamentos no imóvel

    Essa dica aqui é primordial, pois, basicamente, esta é uma das principais causas de conta alta que temos por aí.

    Há vazamentos que são aparentes, mas, em boa parte dos casos, o problema está oculto mesmo, e só com a contratação de técnicos de caça vazamentos que você resolve essa situação.

    Use peças que diminuam a vazão de água

    Existe no mercado algumas peças como arejadores e redutores de vazão que ajudam na economia da conta.

    Tanto um quanto o outro ajudam na redução de gastos em mecanismos como torneiras, chuveiros e descargas, impedindo um fluxo de água maior que o necessário.

    Os arejadores funcionam especificamente em torneiras e chuveiros. Misturando água e ar, distribuindo melhor a primeira nesses equipamentos.

    Lave mais roupa de uma vez

    Outro vilão no quesito gastos desnecessários com água é lavar pouca roupa na máquina várias vezes por mês.

    O ideal, nesse caso, é usar a máxima capacidade da máquina para garantir que os gastos sejam reduzidos.

    Use descarga de duplo acionamento

    Esse é um mecanismo que gera bastante economia, tendo um custo de instalação muito bom em comparação aos benefícios.

    Os modelos disponíveis são para instalação direta na parede e nas caixas acopladas, sendo fundamental para evitar maiores gastos ensinando todos da casa a usarem o botão correto de descarga.

    Implantação de sistema que reutiliza água da chuva

    Quer mesmo evitar ter conta alta no consumo de água do seu imóvel? Então, uma solução bem prática é colocar um sistema de reutilização de água da chuva.

    O líquido coletado pode ser usado para limpeza da casa ou para regar plantas.

    No entanto, é importante ficar atento para que o reservatório onde essa água ficar seja muito bem vedado.

    Claro, existem outras formas práticas de economizar água no dia a dia, como usar copo para escovar os dentes, ou usar uma bacia na pia para lavar frutas e legumes.

    Mas, no geral, essas formas que citamos de evitar conta alta já trazem muita economia.

    Mas, em relação aos vazamentos que podem provocar aumento no consumo? Como localizá-los de maneira mais rápida?

    É o que mostraremos a seguir.

    Localizar vazamentos

    Localizar pequenos vazamentos, e bem antes deles se tornarem mais graves e prejudiciais no futuro, evita conta alta com certeza.

    E, o melhor é que muitos dos testes de detecção dessas avarias são bem simples de serem feitos.

    Veja alguns dos mais fáceis de fazer.

    Vazamento na caixa de descarga ou na válvula

    O banheiro é um lugar muito propenso a ter vazamentos pela quantidade grande de encanamentos que têm em um pequeno espaço do imóvel.

    E um dos locais com mais problemas é na caixa de descarga do vaso sanitário, ou simplesmente da válvula dele.

    Para descobrir problemas nesses mecanismos, é bem fácil: jogue pó de café dentro do vaso, e se ele ficar se mexendo ao invés de permanecer depositado no fundo, deve haver problemas na descarga ou na válvula.

    Importante lembrar que para o caso de caixas acopladas que possuem saída na parte de trás, voltada para a parede, o procedimento é outro.

    Neste caso, você precisa esvaziar o vaso e se a bacia voltar a acumular água, o vazamento é quase certo.

    Vazamentos nos ramais diretos da rede

    Neste teste aqui, você vai, primeiramente, fechar o registro do cavalete, e em seguida abrir a torneira que usa água diretamente da rede de abastecimento.

    Depois que o líquido escorrer completamente, coloque um corpo com água na boca da torneira, e se esta sugar o que estiver do copo, então, deve haver vazamentos nos canos alimentados pela rede.

    Vazamentos em reservatórios de edifícios

    É bom lembrar que esse teste aqui também vale para cisternas.

    Para fazê-lo, basta fechar o registro de saída do reservatório, fazendo o mesmo com a torneira da boia.

    Depois, marque o nível de água no reservatório, e espere 1 hora.

    Se depois desse tempo, o nível baixou, então, de ver vazamentos no reservatório ou cisterna do local, talvez, na parte interna deles.

    Vazamentos em canos que usam caixa d’água

    Esse tipo de vazamento aqui é bem comum, e provoca muita conta alta se não for localizado e consertado com urgência.

    O teste consiste em se certificar de que todas as torneiras do local estão fechadas.

    Também é importante não usar nem o vaso sanitário, nem máquinas que utilizam água, como máquina de lavar roupa.

    Depois, feche a torneira da boia da caixa e marque o nível de água do reservatório, aguardando cerca de 1 hora.

    Se depois desse tempo, o nível for inferior ao que estava antes, deve haver vazamentos nas tubulações que levam água da caixa para mecanismos internos do imóvel.

    De um modo geral, essas verificações garantem uma vaga detecção de que algo está errado com a rede hidráulica, e pode provocar conta alta.

    Mas, se o problema for detectado, como fazer o reparo?

    Veja agora.

    Consertar vazamentos

    Um conserto rápido e eficiente do vazamento de água ajuda a evitar conta alta e a necessidade de reformas onde goteiras e infiltrações deteriorem a estrutura.

    Por isso, em primeiro lugar, você precisa verificar se pode ou não fazer o reparo da avaria por conta própria.

    Algumas vezes, isso é possível, como os problemas que surgem em torneiras e chuveiros, por exemplo.

    Nesse caso, compre uma peça nova em armazéns de construção, e faça a troca do equipamento, que pode estar avariado por tempo de uso.

    Em outras ocasiões, por sua vez, é necessário contratar uma empresa de caça vazamentos com seus técnicos ou encanadores profissionais.

    Lembre-se de sempre contratar uma empresa de confiança, que tenha boas indicações em sites de pesquisa, que tenham CNPJ, e cujos profissionais trabalhem sempre com equipamentos modernos.

    Quanto mais rápido você solicitar o conserto da avaria em canos e tubulações, menores serão as chances de pagar conta alta, pois, os vazamentos não terão tempo de desperdiçarem muita água.

    Além disso, o conserto hidráulico realizado por uma especializada como a Ligeirinho Caça Vazamentos fornece inúmeras vantagens e benefícios como o preço justo, laudo técnico e garantia de conserto.

    Importância do laudo técnico

    Um laudo técnico de serviços de caça vazamentos nada mais é do que um documento que, junto da garantia, confirmam todos os detalhes do trabalho que foi feito na rede hidráulica do local.

    Através desse comprovante você pode fazer uma série de coisa, como, por exemplo, provar que a origem de uma avaria vem do vizinho, ou para a contestação de conta alta.

    Isso porque esse laudo contém todos os detalhes da fonte do vazamento, e também do que foi preciso fazer para a realização do conserto, como troca de peças e por aí vai.

    Ou seja, é praticamente um atestado de que existia um problema de vazamento no local, com um raio-X de tudo o que tinha antes e depois do reparo.

    Por isso, um dos pontos a serem levados em consideração na hora de escolher uma empresa de caça vazamentos é se os seus técnicos emitem laudo ou não.

    Assim, você contesta conta alta e resolve qualquer outro problema hidráulico que, porventura surgir.

    Gostou do conteúdo?

    Agora é ficar atento a cada pequeno sinal de vazamento e solicitar uma visita de técnico ou encanador para evitar desperdícios e maiores gastos que, entre outras coisas, causa conta alta.

    Dúvidas frequentes

    Porque minha conta de água veio muito alta?

    Existem alguns motivos para que uma conta de água venha muito alta. Um deles se deve ao fato das pessoas estarem consumindo mais água na casa, devido a algum fator, como a compra de eletrodomésticos que façam uso de água, como máquina de lavar roupas. Também é possível que o consumo tenha aumentado porque aumentou o número de residentes do imóvel.

    Contudo, um dos motivos mais comuns para que uma conta de água realmente venha mais cara do que o normal é a presença de vazamentos no local, especialmente de vazamentos ocultos. Até mesmo uma simples torneira pingando é capaz de desperdiçar várias dezenas de água ao dia, o que se reflete na conta final.

    Portanto, o mais adequado é que você procure saber qual é a causa conta de água alta para depois tomar as providências necessárias, ou fazer mais economia de água, ou localizar o vazamento que esteja provocando o gasto a mais.

    Como saber se minha conta de água está certa?

    Pra saber se sua conta de água está certa, é necessário verificar se existe algum vazamento em seu imóvel, por menor que seja. Às vezes, uma simples torneira pingando pode ser capaz de desperdiçar muitos litros de água por dia, fazendo uma grande diferença na conta mensal. Por isso, o primeiro passo é tentar detectar algum problema hidráulico.

    Veja também se existe algum problema no hidrômetro de sua residência, se ele já está instalado há vários anos sem receber manutenção alguma, ou se um novo relógio foi instalado recentemente. Em algumas ocasiões, um hidrômetro novo contabiliza rapidamente bolsas de ar no lugar de água, e a conta imediatamente posterior pode vir mais alta.

    Também é necessário verificar se há um aumento do consumo na residência devido a alguns fatores, como mais pessoas morando no local, ou a compra de aparelhos que fazem uso de água, como certos eletrodomésticos. É igualmente importante ficar atento ao consumo diário, acompanhando o registro do hidrômetro para saber se surge alguma grande variação.

    O que fazer em caso de vazamento de água?

    Ao detectar vazamento de água no imóvel, a primeira e mais importante providência é fazer o reparo hidráulico. Esse reparo é necessário para evitar desperdícios que encareçam a conta futura, e também impedir que outros transtornos ocorram devido ao vazamento, como enfraquecimento das estruturas do imóvel, por exemplo.

    Em caso de vazamento de água, também é necessário ficar à espera para comunicar o fato à concessionária que faz o abastecimento na sua região, pois se a conta vier muito alta, vai ser preciso contestar parte dela, mas, pra isso, você terá que ter provas de que houve vazamento no imóvel.

    Por fim, é sempre ficar atento, a partir de agora, para a presença de algum vazamento na residência, pois, quanto mais cedo o conserto vier a ser realizado, melhor.

    Que testes fazer para achar um vazamento, e contestar a conta de água?

    Os testes para achar vazamento de água são geralmente bem simples a depender doa localidade do suposto problema. Se você desconfia, por exemplo, que tem um vazamento por detrás das paredes ou embaixo do piso, pode fazer o teste das batidas, batendo na extensão da superfície, e verificar se o som muda de algo sólido para algo oco ou “fofo”.

    Outro teste bastante eficaz é o que encontra vazamento de água é em vasos sanitários, bastando colocar borra de café ou um pouco de cinzas no vaso, e se o conteúdo se mexer e não ficar depositado no fundo do vaso, é porque existe vazamento ali. Se a caixa for do tipo acoplada, você pode retirar a tampa, e ouvir se tem algum som sibilante dentro dela, pois, isso também é sinal de vazamento de água.

    Há também um teste para saber se há vazamento na tubulação alimentada pela água da rua, que consiste em fechar todos os registros de água, e escolher uma torneira (de preferência, aquela que estiver mais próxima da rua), e deixar a água escoar por completo. Coloque um copo de água na boca dessa torneira, e se ela sugar a água, é porque tem vazamento nessas tubulações.

    O que fazer quando a conta de água vem muito alta?

    A primeira providência a se fazer quando a conta de água vem muito alta, é analisar o porquê disso. Alto consumo pode ser devido ao aumento de pessoas na residência, ou mesmo à aquisição de eletrodomésticos que façam uso de água, como máquina de lavar roupa, por exemplo.

    Não sendo esses os casos, o mais provável é que exista algum vazamento de água no imóvel. Portanto, a primeira providência é localizar onde está o possível vazamento, e depois realizar o seu conserto. Alguns problemas na rede hidráulica são simples de consertar, e outros são mais complicados.

    E após o conserto, é esperar a chegada da próxima conta de água, e verificar se o valor da cobrança está muito mais alto do que o normal para, desse modo, providenciar a contestação dela.

    Como evitar conta de água alta?

    Uma das formas mais eficazes de evitar conta de água alta é reduzindo a quantidade de água gasta no decorrer de um mês. Essa redução pode ser feita por meio de algumas mudanças simples de hábitos, como demorar menos no banho, escovando os dentes, ou mesmo colocando a maior quantidade possível de roupas pra lavar de uma única vez.

    Também é preciso ficar atento a algum problema na rede hidráulica do imóvel para evitar conta de água alta. Às vezes, não precisa nem mesmo que haja algum vazamento, mas, apenas que alguma peça de alguma tubulação esteja gasta para fazer com que o consumo fique acima do normal.

    Portanto, também é recomendável ficar atento às prevenções do sistema hidráulico do local e evitar que venha uma conta de água mais alta que o normal.

    Como economizar água para evitar conta alta?

    Economizar água para evitar conta alta consiste em apenas mudar alguns hábitos cotidianos, além de investir em certos equipamentos. Por exemplo, é recomendável instalar arejadores e redutores de vazão em locais de saída, como torneiras, chuveiros e descargas. Com uma melhor distribuição de água nesses locais, bem como uma compensação na pressão, essas peças facilitam na hora de economizar água.

    Em se tratando de mudança de hábitos do dia a dia, você pode levar mais roupas de uma vez só para colocar na máquina, mesmo princípio com as louças na máquina de lavar louças. Inclusive, você reutilizar a água da máquina de lavar roupas pra limpar calçadas e varandas, por exemplo.

    Implantar um sistema de captação e reutilização de água da chuva também pode ajudar na economia, com esse líquido sendo usado para limpezas em geral, como calçadas, quintais e varandas. Também se recomenda lavar carros com baldes e não com mangueiras. O mesmo vale para quando precisar lavar calçadas e varandas.

    Onde reclamar em caso de vazamento de água?

    Em caso de haver vazamento de água, você precisa saber de quem é a responsabilidade pelo conserto. Se for do registro para fora de sua casa, a responsabilidade é da concessionária fornecedora de água da região, como a Sabesp, por exemplo. Se for do registro para dentro do imóvel, você precisa saber qual a origem do vazamento. Caso a origem seja na sua casa, você deve providenciar o conserto, e se o problema for no vizinho, ele é quem tem que consertar.

    Identificando a possibilidade de vazamento, você deve ligar para uma empresa de caça vazamento para providenciar o conserto o quanto antes. É importante pedir um laudo de quem for fazer o conserto do vazamento, atentando a existência do problema, além de tira fotos antes, durante e depois do conserto no local do problema.

    Após o conserto, caso a conta de água tenha vindo muito alta, esses documentos serão a prova necessária para você fazer a contestação necessária na concessionária que faz o abastecimento da sua região.

    Como contestar conta de água alta por motivo de vazamento?

    Para contestar conta de água alta por motivo de vazamento, primeiramente, você terá que ter certeza de que essa fatura veio alta por causa do vazamento. Por essa razão, é sempre recomendável ficar de olho em possíveis sinais de vazamentos, como machas de umidade nas paredes.

    Constatando a existência de um vazamento no imóvel, o recomendável é fazer o conserto da avaria, e guardar o lauda do encanador ou técnico da empresa de caça vazamento que fez o conserto. Assim que a conta chegar, e ela vier mais alta do que o normal, o recomendável é se dirigir à sede da empresa que faz o abastecimento da sua região, como a Sabesp, por exemplo, munido de todos os documentos necessários.

    Nem sempre ocorre do reclamante conseguir desconto na fatura por esses motivo, porém, caso o problema tenha sido grave, e a cobrança foi muito acima do normal, há a possibilidade de haver algum abatimento na fatura, mediante a comprovação de que houve realmente vazamento naquele período.

    Quais os documentos necessários para contestar conta de água alta?

    Para contestar conta de água alta por motivo de vazamento, o primeiro dos documentos a providenciar é um laudo que ateste que houve problema na rede hidráulica do imóvel no período de leitura do consumo. Também é preferível tirar fotos do local do vazamento antes e depois do conserto.

    Além disso, é necessário levar outros documentos, como Identidade, CPF e a conta de água que está sendo contestada. Caso você tenha que mandar outra pessoa no seu lugar, faça uma procuração, onde ela terá que levar todos os documentos listados aqui, mais a Identidade e o CPF dela.

    Geralmente, não são muitos documentos exigidos para fazer a contestação, e e o resultado da avaliação é feito de maneira muito rápida.