Vazamentos de Água

Vazamentos em canos e tubulações em geral podem causar inúmeros transtornos em um imóvel, seja no aumento de consumo, seja na deterioração das estruturas do local.

Por isso, localizar e consertar esses problemas o quanto antes preserva qualquer imóvel, novo ou antigo, e ajuda na economia de água também.

Por que acontecem vazamentos de água?

Geralmente, os vazamentos acontecem por causa do desgaste natural dos materiais de peças e canos que fazem parte de uma rede hidráulica. Quanto mais velho for o imóvel, principalmente se ele não tiver tido manutenção alguma, mais propenso ele estará a apresentar alguma avaria em sua rede hidráulica.

Contudo, em alguns outros casos, um vazamento acontece devido à má qualidade do material da encanação, que pode apresentar problemas com pouco tempo de uso. Isso, unido a fatores internos ou externos, como variações de temperatura, clima e choques de qualquer tipo, podem acarretar problemas de vazamentos.

Além disso, uma reforma mal feita pode avariar um cano ou um componente hidráulico, e esse problema só será percebido muito tempo depois. Portanto, o mais recomendável é usar materiais de qualidade, tomar cuidado com toda e qualquer reforma, e fazer a avaliação ou manutenção da rede hidráulica de tempos em tempos.

Como saber há vazamentos

Reconhecer os sinais de vazamentos de água é importante para evitar muitos transtornos futuros. Para saber se está tendo um problema na rede hidráulica do lugar, é preciso ficar atento a alguns detalhes.

Um dos primeiros sinais de que esteja tendo vazamento de água é se a conta mensal vier mais alta do que o normal, sem nenhuma justificativa. Para que a cobrança do consumo venha mais alta do que o normal, é necessário ou que o consumo aumente (por causa de mais pessoas morando no local, por exemplo), ou a existência de um problema hidráulico, como o vazamento de água.

Outros indícios da existência de vazamentos são a presença de manchas de umidade ou de mofo em pisos, tetos e paredes, barulhos estranhos dentro das tubulações, ou simplesmente um problema mais simples como o pinga-pinga de torneiras e chuveiros, que pode ser resolvido com uma simples troca de peças.

Veja a seguir alguns das principais causas e consequências de vazamentos sem conserto, e como identificar e resolver definitivamente esse tipo de problema.

Causas de vazamentos

Detectar o quanto antes as principais causas de vazamentos de água nas tubulações de imóveis como casas, apartamentos, comércio e indústrias, garante a resolução imediata do problema.

Com isso, evitam-se problemas mais sérios, como desperdícios que geram conta alta ou mesmo acidentes em pisos, tetos, paredes, lajes e solos desses imóveis.

Veja algumas das principais causas desse tipo de problema.

Falhas físicas

Na maioria das vezes, vazamentos de água acontecem devido a falhas físicas, ou seja, canos furados, estourados, etc.

Esses problemas estruturais nas tubulações dos imóveis ocorrem, principalmente, devido a dilatações e contrações nos canos devido às variações de temperatura e outros fatores externos.

Tais variações, geralmente, acontecem por mudanças climáticas (sol e chuva), e também pela passagem de produtos muito frios ou muito quentes pelas tubulações do local.

Qual a solução para preservar mais as tubulações de falhas físicas?

Usar canos que resistentes de acordo com o ambiente onde as instalações hidráulicas ficaram.

Quanto mais expostas à ação de agentes externos, mais os canos precisarão ser resistentes.

Lembrando que o nível de resistência de um cano já vem aprovado de fábrica, ficando mais fácil escolher qual tipo e marca mais adequada.

Falhas químicas

Neste caso, vazamentos de água podem acontecer devido a materiais corrosivos que passem pelas encanações.

No entanto, até mesmo a água pode corroer as tubulações de um imóvel com o passar do tempo, principalmente se ela não for devidamente tratada.

A poluição do ambiente também é outro fator que provoca falhas químicas em encanações com o passar do tempo.

Ar poluído e até vapores e chuvas ácidas podem corroer com facilidade canos e tubulações expostas.

Outro fator que contribui para falhas químicas em canos, provocando vazamentos de água é que, aos poucos, as tubulações vão perdendo a chamada proteção galvânica.

Isso ocorre devido a constantes soldas e emendas feitas com o passar do tempo no sistema hidráulico do local.

Para evitar isso, o ideal é se certificar de que os canos tenham recebido revestimento adequado para o uso nos próximos anos.

Reforçar a proteção galvânica das tubulações no momento em que forem feitas soldas ou emendas também ajuda muito.

Falhas mecânicas

Outro fator que contribui para o surgimento de vazamentos de água nos mais diversos tipos de canos são as falhas mecânicas.

Aqui, o problema é simples: os danos acontecem devido a choques, pancadas, atritos e tensões, como mudança no alicerce do imóvel.

Ao mesmo tempo são as falhas mais simples de evitar, pois, basta colocar as tubulações em locais bem protegidos, evitando que fiquem muito expostas, e sujeitas a esse tipo de problema.

Encanações antigas

Tubulações que já tenham anos, por mais resistentes que sejam, podem apresentar falhas graves e causar vazamentos de água em canos de pisos, tetos, paredes, lajes e solos.

Até mesmo hidrômetro antigo é um problema, pois, ele pode apresentar alguma falha que impeça você de identificar vazamentos com maior facilidade.

Caso as tubulações do seu imóvel tenham mais de 30 anos, é bem provável que sejam feitas de ferro fundido e galvanizado.

Com o passar do tempo, esse ferro tende a apresentar oxidação, com a passagem da água sendo obstruída pela corrosão do material.

Por conta disso, a vazão de água diminui e a pressão aumenta, causando desgastes nos canos, e provocando vazamentos diversos.

O mais indicado é fazer a troca dessas tubulações mais antigas por outras mais novas, principalmente, aquelas confeccionadas em polietileno de alta densidade (as PEAD).

Ainda assim, por mais resistentes que os canos sejam, uma hora, o desgaste vai acontecer.

Fique de olho em manchas de mofo e umidade em pisos, tetos, paredes e lajes, que elas podem ser um indicativo de que chegou a hora de fazer a troca das tubulações.

Pintura descascando e azulejo descolando da parede também são outros indicativos fortes de vazamentos internos por desgaste nos canos e tubulações locais.

Deslocamento de canos

O deslocamento e a movimentação de canos também é outra causa de vazamento de água nas tubulações de um imóvel. A partir do momento em que a rede hidráulica fica mais velha, o terreno no qual ela está vai passando pó mudanças, o que também acarreta em modificações estruturais nas encanações do local.

Além disso, acomodações e tensões geradas no terreno também vão ocasionando a movimentação das tubulações e seu desgaste com o passar do tempo, mesmo que esse desgaste seja pequeno e gradativo com o passar dos anos.

Isso acontece porque as fundações tendem a afundar e a se deslocar, provocando também o deslocamento da rede hidráulica do imóvel, gerando assim a possibilidade de surgir vazamento de água nos canos do lugar.

Pressão alta entre os canos

Se a pressão de água que os canos recebem for muito alta, isso pode comprometer as tubulações do local em longo prazo.

Geralmente essa pressão elevada acontece por obstrução interna dos canos, seja por sujeira, seja por deterioração das próprias tubulações.

Se o ambiente for muito frio, esse problema acontece porque a água se expande, aumentando assim a pressão.

Raízes de árvores podem exercer pressão nos canos também, bem como em locais com abastecimento escasso.

As consequências de uma pressão alta nos canos são rachaduras e rupturas nas tubulações, provocando assim vazamentos.

Para tentar evitar isso, é necessário que as encanações sejam, minimamente, resistentes.

Instalações incorretas

Instalações inadequadas dos canos no sistema hidráulico do imóvel também podem provocar vazamentos de água com facilidade.

Mesmo pequenas falhas podem provocar danos graves com o passar do tempo.

À medida que o imóvel fica mais antigo, as instalações hidráulicas também podem sofrer deslocamentos.

É preciso, portanto, que os canos sejam instalados da maneira correta, obedecendo aos parâmetros de fabricação deles, e o seu uso adequado.

Tipos de vazamentos

Pra começar, você precisa saber a diferença entre os tipos de vazamentos, até mesmo para poder garantir sua detecção e seu conserto mais adequados.

Veja agora como classificar corretamente cada problema desses.

Externos

Os vazamentos externos ocorrem quando estamos vendo nitidamente a avaria, seja um cano estourado, uma goteira pingando ou mesmo poças de água em algum canto do imóvel.

Geralmente, são os mais simples e rápidos de detectar e consertar, evitando assim gastos desnecessários e até muito quebra-quebra na estrutura do local.

Internos

Os vazamentos internos, geralmente, são os que mais ocorrem nas estruturas hidráulicas dos imóveis.

E também são os mais complicados de localizar e reparar, especialmente para quem é leigo na área.

Esses problemas podem acontecer em vasos sanitários, canos e tubulações aterradas e dentro das paredes, e na parte interna da estrutura dos imóveis em geral.

Para garantir uma localização sem danos desse tipo de vazamentos, os técnicos da área usam aparelhos, como Geofone eletrônico, que captam avarias internas por meio de som, imagens e infra-vermelho.

Todo cuidado é pouco, já que esse tipo de vazamento é o que causa maiores danos na estrutura do imóvel, gerando gastos desnecessários e até acidentes graves.

Ocultos

Um vazamento oculto é aquele que não está facilmente visto a olho nu, e cuja origem precisa ser investigada mais a fundo. É diferente, por exemplo, de torneira e chuveiros pingando, ou do vaso sanitário escorrendo água por sua base.

Os vazamentos ocultos são os mais difíceis de serem localizados e também os mais complicados de ser consertados. Os mais comuns são vazamentos internos por detrás de paredes e pisos, e também na estrutura de reservatórios, como caixas d’água.

Vazamentos ou infiltrações

Para garantir que você não sofra com vazamentos (desperdício de água e gastos com reformas no imóvel), é necessário saber a diferença entre vazamento e infiltração.

Primeiramente, infiltração se caracteriza como o acúmulo de água da chuva ou decorrente de algum vazamento em uma região do imóvel.

Por exemplo: um cano embutido na parede que esteja com furo ou rachadura provoca vazamento, certo?

Se esse problema não for resolvido de imediato, com o passar do tempo, a água vai se acumulando nessa parede, causando infiltração.

Uma das principais características da infiltração é que ela causa manchas e mofo em paredes, pisos, tetos ou lajes.

Fissuras, trincas e bolhas nas superfícies também são indícios desse problema.

De um modo geral, os principais locais onde podem surgir infiltrações nos imóveis são:

  • Paredes em apartamentos e casas (sendo mais comuns nas paredes de banheiros);
  • Lajes em coberturas de edifícios e casas (ocorrendo devido à fissuras nesses locais);
  • Tetos de garagens em edifícios (acontecem pela falha na impermeabilização no pavimento superior do cômodo).

Ou seja, em geral, podemos dizer que os vazamentos podem provocar infiltrações, estando ligados intimamente com tubulações, canos e com passagens de água também.

Suspeita de vazamentos

Em caso de suspeita de vazamentos de água em seu imóvel, basta se antentar:

  • 1. Verificando se o ponteiro do relógio de água gira sozinho após toda a rede ter sido fechada.
  • 2. Verificando se as torneiras gotejam ou fazem barulho de sucção após fechadas.
  • 3. Verificando se há úmidade e bolhas entre paredes, pisos ou teto.
  • 4. Verificando irregularidades no funcionamento do vaso sanitário pingando corante.
  • 5. Verificando se o nível da água da caixa diminui após algumas horas do fechamento.
  • 6. Fazendo o teste de sucção da água no copo para encontrar desvios e vazamentos de água.

Estas e muitas outras verificações e testes de vazamentos de água facilitam muito a identificação das mesmas.

Locais de vazamentos

Pisos

O surgimento de vazamentos em pisos acontece devido aos canos que passam especificamente pelo local, ou em decorrência de infiltrações de lugares próximos, como paredes.

É possível identificar esse problema verificando se o piso está com algum “calo” ou ondulação, ou com o azulejo se descolando.

Manchas de mofo e bolor também indicam que há algum problema hidráulico ali.

Solos

Vazamentos em solos são mais difíceis de localizar por estarem em tubulações bem profundas.

Nos casos mais graves, infiltrações podem “subir” à superfície, ficando mais visíveis através de manchas de mofo ou bolor.

Por isso, empresas de caça vazamentos usam equipamentos modernos, como Hidrofone e Geofone, que garantem uma localização mais precisa da avaria até em sub-solos nos imóveis.

Paredes

Vazamentos em tubulações ocultas em paredes também são bastante comuns em casas, apartamentos, comércios, indústrias, escritórios, ou qualquer outro imóvel.

Problemas assim podem acontecer tanto com canos ocultos nas paredes que estejam com avarias, ou devido a problemas no teto que passam para outras partes do imóvel com o passar do tempo.

Por isso, é importante ficar atento se não existe algum indício de problema hidráulico no teto primeiro.

Com a ajuda de equipamentos como Geofone, técnicos de caça vazamentos conseguem localizar o ponto mais exato possível da avaria.

Isso evita fazer muito quebra-quebra no local, garantindo um trabalho mais econômico, sem a necessidade de reformar depois, a área afetada do imóvel.

Tetos e lajes

É muito comum acontecerem problemas de vazamentos ou infiltrações em tetos e lajes dos imóveis.

Geralmente acontecem por conta de avarias em telhados.

Desse modo, a água da chuva pode ocasionar infiltrações que geram danos nessa parte do imóvel, e podem provocar até mesmo acidentes.

Assim que perceber qualquer sinal de manchas ou goteiras em tetos e lajes é importante chamar um técnico de caça vazamentos para detectar a origem do problema e resolvê-lo de imediato.

Pontos de vazamentos

Também é importante ficar de olho em pontos específicos do imóvel quando o assunto é vazamento de água.

Muitos desses pontos podem ter pequenos problemas (como furos ou rachaduras) que depois podem se tornar mais graves.

Veja a seguir alguns dos pontos mais comuns em que se podem surgir esse tipo de avaria.

Rede hidráulica

Aqui, estamos falando da rede hidráulica mais específica, composta de canos e tubulações em pisos, tetos, paredes e solos.

Geralmente não é muito fácil detectar as avarias nesse sistema, especialmente se o encanamento for mais oculto.

Por isso, quem é técnico na área de caça vazamentos usa equipamentos como Geofone para garantir a detecção mais rápida e exata possível até das avarias mais ocultas.

Caixa d'água

Vazamentos em caixa d'água são comuns e precisam ser localizados com rapidez antes que causem prejuízos financeiros ou mesmo infiltrações que podem provocar acidentes.

Por isso, é importante que o problema nessa parte da casa seja detectado o quanto antes.

Para encontrar vazamentos em caixa d’água, primeiramente, feche o registro que alimenta esse local.

Em seguida, marque na parede o nível de água no lugar, e passe cerca de 24 horas sem consumo no imóvel.

Depois desse tempo, se o nível diminuir, deve haver vazamentos em encanações que alimentam a caixa d’água.

Hidrômetro

Outro ponto que pode indicar vazamentos em um imóvel é o hidrômetro do local.

Para identificar se há ou não alguma avaria hidráulica pelo hidrômetro, feche-o durante 1 hora mais ou menos.

Importante: nesse intervalo de tempo, não use torneiras, chuveiros ou mesmo descargas.

Antes de começar a contar o tempo, marque a localização do ponteiro (pode ser tirando uma foto com o seu celular).

Depois de 1 hora, volte ao hidrômetro, e verifique se o ponteiro “andou” ou não.

Em caso positivo, ou tem vazamentos que estão desperdiçando água, ou o hidrômetro está com defeito.

É importante primeiro chamar um técnico de caça vazamento para tirar essa dúvida, e saber se existem avarias nas encanações do imóvel, como no cavalete de água, por exemplo.

Em caso de ser um defeito no hidrômetro, entre em contato com a Sabesp para fazer a troca do aparelho.

Caixa acoplada

Outro ponto que pode mostrar a existência ou não de vazamentos de água é a caixa acoplada no vaso sanitário no banheiro (ou mesmo no vaso em si).

Para identificar avarias nesses locais, coloque um pouco de borra de café no vaso sanitário.

Se a borra ficar se mexendo é porque deve haver vazamentos de água nas tubulações ou válvulas desse aparelho.

Você pode trocar borra de café por cinzas.

Outro aspecto que pode ajudar a identificar essas avarias é colocar um pouco de tinta na caixa acoplada.

Se essa tinta chegar na água do vaso sanitário, deve ter algum defeito nessa parte do aparelho.

Torneiras que pingam

Geralmente as torneiras vazam ou pingam por causa do desgaste de suas peças, ou simplesmente porque a peça e si não é de boa qualidade e rapidamente a torneira apresenta problemas de funcionamento. Na maior parte das vezes, esse problema de desgaste na borracha de vedação se dá nas torneiras mais comuns.

Já naquelas que são do tipo ¼ de volta, elas não possuem borracha de vedação, e quando estão com pinga-pinga, geralmente, é necessário fazer a troca do reparo interno, que é justamente a peça que faz a contenção de água no mecanismo. Caso a torneira continue pingando mesmo depois dessa troca, é preciso fazer a substituição completa do reparo.

O importante é sempre ficar atento para notar se existe algum problema na pia, que pode ser um pinga-pinga, ou mesmo um vazamento onde escorra água no local de vedação da peça na parede.

Piscinas de alvenaria

A causa de vazamento de água em piscinas de alvenaria (sejam de azulejo ou somente cimentadas) está relacionada com alguns fatores. O primeiro deles são problemas mecânicos, que podem ser imperceptíveis caso você tenha um sistema de enchimento automático. Nesse caso, fica um pouco difícil detectar que a causa realmente é mecânica, apenas com uma investigação mais minuciosa.

Há também vazamento causado por danos estruturais, que podem acontecer em qualquer local da piscina, como, por exemplo, uma simples rachadura. Um ponto no qual ocorrem muitos vazamentos é em torno de luminárias. Problemas no encanamento também podem causar vazamentos de água subterrâneos, devido à corrosão ou movimentação do solo.

Conexões soltas ou mesmo quebradas também são agravantes para a ocorrência de vazamento nas piscinas. Porém, se o local afetado for de fácil acesso, é possível realizar o conserto de forma bem rápida.

Canos e tubulações

Por fim, vazamentos em imóveis como casas e apartamentos podem acontecer em encanamentos e tubulações em geral.

Podem ser canos novos (que tenham sidos mal instalados ou que não sejam recomendáveis para aquele tipo de tubulação), ou mais antigos, e por isso mesmo mais gastos com o tempo.

Também podem ser canos mais expostos ou então mais ocultos em pisos, tetos e paredes. Por isso a atenção quanto ao encanador na hora da contratação.

O importante é sempre ficar atento, pois, sempre vão surgir sinais de vazamentos de água em tubulações diversas, como parede com pintura descascando, manchas de mofo ou bolor, etc.

Imóveis com vazamentos

Engana-se quem pensa que vazamentos só acontecem em casas ou apartamentos.

Esse tipo de problema ocorre em qualquer tipo de imóvel que tenha tubulações de água passando pelas suas estruturas.

A seguir, veja alguns exemplos de imóveis onde mais vazamentos ocorrem, e como identificar mais rapidamente esses problemas.

Casa

É muito comum ter vazamentos de água em casas em geral, principalmente se as instalações do local forem antigas.

Torneiras e chuveiros pingando, poças de água em locais próximos de pias, e as já conhecidas manchas em pisos, tetos e paredes, são alguns indícios de problemas hidráulicos.

Aumento repentino na conta de água também é indicativo de vazamentos nesse tipo de imóvel.

Apartamento

Vazamentos em apartamentos também são comuns, mas, no entanto, é importante saber a origem do problema.

Avarias hidráulicas em apartamentos podem surgir na rede central do edifício, ou mesmo em locais vizinhos.

Se o problema for na parte central, o condomínio precisa fazer o conserto da avaria, mas, se ele vier de um apartamento vizinho, o dono do imóvel é quem paga pelo reparo.

A recomendação é contratar um serviço de caça vazamentos que detecte com precisão a origem da avaria.

Escritório

Vazamentos em escritórios também acontecem com relativa frequência, especialmente se for em um imóvel antigo, que nunca tenha passado por nenhum tipo de manutenção hidráulica.

Importante identificar problemas desse tipo o quanto antes, pois, avarias em canos e tubulações de escritórios podem causar danos nos aparelhos do local (como computadores) ou provocar acidentes.

Goteiras e infiltrações em períodos de chuvas fortes são fortes indícios de canos defeituosos ou tetos e lajes com alguma avaria.

Galpões

Grandes galpões também podem apresentar problemas relacionados a vazamentos de água, especialmente em goteiras de tetos.

Contribui muito o fato de o local ser antigo, com instalações velhas.

Caso o galpão seja usado para armazenar produtos perecíveis, problemas assim precisam de conserto urgente.

Indústrias

Vazamentos de água em indústrias causam inúmeros problemas, pois, podem danificar um maquinário muito caro.

Por isso, em caso de goteiras, manchas de mofo e bolor nas paredes, ou poças de água surgindo do nada, é importante contratar um serviço de caça vazamentos o quanto antes.

Assim, evita-se muito prejuízo no local.

Comércios

Vazamentos em comércios acontecem, geralmente, por danos estruturais em telhados ou janelas, com água de chuva entrando e corroendo as estruturas do local.

Mas, também podem acontecer vazamentos ocultos em canos de pisos, e a depender do tipo de produto que o comércio venda, ele pode estragar com facilidade por causa da umidade.

Portanto, vale a recomendação aqui também: percebendo qualquer avaria hidráulica no local, chame um serviço de caça vazamentos imediatamente.

Sinais de vazamentos

É importante ficar sempre atento para os sinais de vazamentos de água em seu imóvel, e assim evitar muitos prejuízos.

Veja, então, alguns dos principais sinais que você precisa ficar em alerta para detectar e consertar avarias hidráulicas em seu imóvel.

Goteiras

Geralmente, há duas origens para goteiras: ou elas vêm de torneira e chuveiros defeituosos, ou de telhados com avarias.

No primeiro caso, muitas vezes, a simples troca da peça com defeito já resolve em definitivo o problema.

Se a avaria está no telhado, é preciso descobrir o ponto exato do que está provocando as goteiras para fazer um conserto rápido.

É comum que neste caso o problema esteja em telhas quebradas ou lajes com alguma fissura.

Infiltrações

As infiltracoes são consequências diretas de avarias em canos e tubulações com alguma avaria.

O acúmulo de água em um ponto específico do imóvel pode provocar danos na estrutura que necessitem de reformas urgentes, como azulejos descolando, por exemplo.

Na maior parte das vezes, a detecção de infiltrações acontece quando o problema já se espalhou ou está bem grave.

Por isso, qualquer sinal de manchas ou umidade em paredes, pisos e tetos precisa ser verificado com urgência.

Manchas

Manchas ocasionadas por água acumulada são comuns em infiltrações não consertadas.

Podem ser pequenas ou muito grandes a depender do acúmulo de água no local, e além de deixarem a superfície do lugar bem feia, podem ser responsáveis por doenças respiratórias.

Por isso, se aparecer alguma pequena mancha na parede ou teto, veja se ela seca e some, ou se permanece.

Nesse último caso, é preciso chamar técnicos de caça vazamentos para detectar a origem do problema.

Bolor

O bolor no local do vazamento se deve ao acúmulo contínuo de água no lugar e que também pode provocar doenças sérias.

Por isso, fique atento para evitar que o problema fique pior, garantindo o seu conserto imediato, e evitando gastos desnecessários.

Aumento de conta

Conta de água que venha muito alta de forma repentina é tanto sinal, como consequência de vazamentos em canos e tubulações do local.

Portanto, caso receba uma conta muito maior do que o normal, verifique se existe algum outro sinal que denuncie a existência de vazamentos de água no local.

Pode ser uma simples goteira, ou um cano oculto furado que esteja provocando infiltrações em algum cômodo, especialmente em cozinhas e banheiros.

Consequências dos vazamentos

Não detectar e consertar vazamentos com rapidez pode causar muitos prejuízos financeiros (como a conta alta que citamos anteriormente) e outros transtornos.

Listaremos a seguir algumas dessas consequências graves que vazamentos de água podem causar.

Desperdício de água

Mesmo que essa consequência aqui pareça um tanto óbvia, é sempre bom salientar que desperdiçar água prejudica não somente você e sua família, mas, a todos. Cada vez mais a água vem se tornando um bem escasso, e por isso, o desperdício deve ser combatido.

Quando ocorrem vazamentos, mesmo que aparentemente pequenos, eles ajudam a contribuir para a falta de abastecimento da região, por exemplo, prejudicando muita gente de uma rua, avenida ou bairro.

Por isso é imprescindível consertar um vazamento assim que este for detectado para que o prejuízo não acabe contribuindo para um problema maior.

Deterioração das estruturas do imóvel

Com o passar do tempo, vazamentos e, consequentemente, infiltrações podem causar danos consideráveis em pisos, tetos e paredes.

A água acumulada em um único ponto enfraquece lajes e alicerces de qualquer imóvel, por mais novo que ele seja.

Com essa deterioração, além de prejuízos financeiros (como a necessidade de reformas urgentes), esse problema ainda pode causar acidentes no imóvel.

Ou seja, até a segurança das pessoas que frequentam o local fica comprometida.

Falhas nas instalações elétricas

Toda e qualquer umidade que se encontra na parede e no teto, especialmente na parte de dentro, danifica, em longo prazo, as instalações elétricas de um imóvel. Nisso, pode até mesmo acontecer um curto-circuito, e alguns dos seus eletrodomésticos podem pifar.

Em suma: o que era um problema de vazamento ou infiltração acaba se tornando algo bem maior, causando inúmeros prejuízos.

Problemas no abastecimento

Vazamentos não consertados de imediato podem causar também desperdícios enormes.

Pra se ter uma ideia, uma simples torneira pingando sem parar pode desperdiçar nada menos do que cerca de 10 mil litros de água por ano.

Por isso, qualquer problema hidráulico de um único imóvel pode jogar fora uma quantidade enorme de água, e em longo prazo comprometer o abastecimento do bairro.

Para evitar transtornos assim, a recomendação é localizar e consertar vazamentos (mesmo os menores) o quanto antes.

Até um pequeno furo em um cano oculto pode se tornar maior e desperdiçar muito mais água com o passar do tempo.

Prejuízos financeiros

Esse ponto é até óbvio, mas, é importante salientar que vazamentos de água, quando não consertados logo, fazem você perder muito dinheiro.

Seja por causa de desperdícios que geram conta alta, seja pela necessidade da fazer reformas urgentes em estruturas deterioradas.

Portanto, um serviço de caça vazamentos tende a ser bem mais barato do que deixar o problema se espalhar.

Proliferação de doenças

Acúmulo de água onde não se deve sempre traz a possibilidade de proliferar enfermidades diversas.

Poças de água em um único lugar, e paradas, podem ser responsáveis pelo aparecimento do mosquito da dengue, por exemplo.

Além disso, mofo e bolor nas superfícies podem ser o lar de fungos que causam alergias dos mais diversos tipos, como problemas respiratórios ou de pele.

Ou seja, um vazamento de água não detectado e consertado de maneira devida pode trazer ainda esses inconvenientes desagradáveis.

Como evitar vazamentos?

Para garantir que a rede hidráulica do seu imóvel permaneça sempre em dia, é importante tomar alguns cuidados.

Veja quais a seguir.

Limpeza periódica

Para evitar vazamentos ou quaisquer outros danos em caixas d’água, por exemplo, é importante limpar esse lugar a cada 6 meses.

Também é fundamental ver a qualidade da água para garantir que não tenha algum furo ou fissura na caixa que esteja entre sujeira e outros resíduos.

Troca de encanamento

Geralmente, vazamentos de água acontecem pela corrosão dos encanamentos do imóvel, que, antigamente, eram de ferro.

Pra evitar danos, o ideal é trocar os canos de ferro pelos de cobre, mais resistentes à pressão da água, a choques, a materiais corrosivos e outros problemas.

Limpeza de válvulas

Para garantir que a descarga do vaso sanitário esteja sempre funcionando bem, sem vazamentos, a recomendação é fazer uma limpeza regular nas válvulas de pressão.

Dessa forma, evitará desgastes, e desperdícios grandes de água nessa parte do banheiro que consume muito.

Cuidado com os ralos de pias e banheiros

Para evitar vazamentos de água na parte dos ralos, é importante tomar alguns cuidados mínimos.

Primeiro, use filtros que impeçam sujidades como cabelos e sabão de descerem pelos ralos e provocarem entupimentos, aumento de pressão e consequentemente danos nos canos.

No caso do ralo de cozinha, evite também despejar óleo e gordura, pois, esse material entope encanamentos com muita facilidade.

Produtos abrasivos, como diluentes de tinta, nem pensar em jogar pelos ralos, pois, eles correm gradativamente as tubulações.

Atente-se ao desgaste do imóvel

Não é novidade nenhuma de que todo e qualquer material que compõe seu imóvel envelhece com o tempo, por mais que sejam materiais modernos e com tratamento adequado pra durarem anos.

Contudo, mesmo as melhores peças estão suscetíveis a vazamentos com o passar do tempo, como acontece quando as conexões entre tubos se soltam, ou simplesmente perdem sua flexibilidade e espessura.

Ou seja, quanto mais antigo, mais suscetível a vazamentos um sistema de encanamento ficará. O ideal, neste caso, é conferir a vida útil de cada peça, e tentar fazer troca de peças de tempos em tempos.

Faça manutenções periódicas na rede hidráulica

Outra forma de garantir que problemas como vazamentos de água não ocorram (ou demorem a acontecer) na rede hidráulica de um imóvel, é fazer manutenção regulares em canos e tubulações do local.

Muitos técnicos de caça vazamentos, além de fazerem a detecção e o conserto desse tipo de avaria, também realizam esse serviço.

As manutenções podem ser preventivas (para evitar problemas futuros), preditivas (determina a condição da rede hidráulica do local) e as corretivas (que consertam qualquer tipo de vazamento).

Serviço de caça vazamentos

Caso desconfie que tenha vazamentos em alguma parte do imóvel, mas, não sabe exatamente onde é o foco, não se preocupe.

Hoje em dia, existem serviços de caça vazamentos oferecidos por técnicos experientes, e que usam equipamentos como Hidrofone e Geofone que detectam essas avarias com mais facilidade.

Veja agora outros benefícios em contratar esse tipo de serviço o quanto antes assim que perceber algum vazamento de leve no seu imóvel.

Proximidade do serviço

Há empresas, como a nossa Ligeirinho Caça Vazamentos, que atuam em vários bairros, garantindo um serviço mais amplo, podendo fazer a detecção e o conserto de qualquer avaria em vários imóveis.

Portanto, não importa se o seu imóvel é fica no interior ou na capital, e independente se é casa ou apartamentos, um eficiente serviço de caça vazamentos será feito em seu imóvel.

E, com muita rapidez, evitando transtornos futuros.

Conserto barato

O preço do reparo de qualquer avaria hidráulica é barato porque os técnicos na área usam, hoje em dia, equipamentos modernos.

Essas ferramentas facilitam não somente a detecção mais precisa da avaria, como também garantem um serviço mais econômico, pois, evita-se muito quebra-quebra desnecessário.

Dessa forma, você não precisa ficar preocupado com a possibilidade de fazer reformas urgentes no local após a conclusão do serviço de caça vazamentos.

Solução definitiva

Pelo fato de usarem equipamentos adequados para detectar vazamentos de água com maior precisão e rapidez, isso também facilita na elaboração de um reparo mais definitivo para o problema.

Com isso, independente da gravidade da situação, você terá à sua disposição um conserto adequado que, além de evitar quebra-quebra, vai garantir que o problema não volte mais.

Reparo rápido

O conserto, além de definitivo, também é muito ágil, assim como a própria detecção de todas as avarias do lugar.

Com isso, você gasta menos pelo reparo, e ainda tem o problema resolvido de imediato, evitando atrapalhar muito os seus afazeres do dia a dia.

Serviço emergencial

Um dos benefícios oferecidos por serviços de caça vazamentos é o seu caráter emergencial.

Não importa o local, o dia ou a hora do chamado, os técnicos na área garantem um trabalho rápido e preciso para evitar que o problema piore e se espalhe pelo imóvel.

Ou seja, independente se é uma goteira simples na torneira ou uma infiltração oculta, o problema é resolvido com muita agilidade.

Emissão de laudo e garantia

Por fim, para garantir que o problema tenha sido definitivamente resolvido, os técnicos de caça vazamentos emitem laudo e garantia após o conserto da avaria.

O laudo técnico, inclusive, é um benefício que serve como comprovante para mostrar que o problema existia e que foi resolvido, podendo ser usado para contestar conta alta, por exemplo.

Já a garantia é para o caso do mesmo problema voltar no mesmo local, e você poder contatar novamente os técnicos sem custo adicional.

Geralmente, uma garantia dessas tem até 2 anos.