Rede hidráulica

A rede hidráulica é uma das partes mais importantes do imóvel, junto com a parte elétrica.

Através de canos e tubulações embutidas em pisos, tetos, paredes, lajes e solos do imóvel, acontece o abastecimento de água em cada canto da edificação, com um consumo adequado e sem desperdícios.

Também é necessário fazer a manutenção desse sistema para se prevenir contra vazamentos de imóveis em pisos, tetos, paredes, lajes, solos e outros locais por onde passam canos e tubulações de água.

A seguir, veja algumas questões sobre a rede hidráulica, como funciona, e como detectar e consertar vazamentos em sua estrutura de maneira rápida e eficiente.

O que é e como funciona?

O que é uma rede hidráulica?

Trata-se de um conjunto de peças, como canos e tubulações, cujo intuito é fazer o transporte de água, em imóveis como casas, apartamentos, comércios, indústrias, entre outros.

Uma rede hidráulica pode ser mais restrita, ficando em apenas um imóvel, ou ser algo mais amplo, com canos e tubulações na rua, que ligam centrais de abastecimento aos imóveis no geral.

Tanto a rede individual de cada edificação, quanto a coletiva (a responsabilidade desta é de empresas concessionárias de água, comoo a Sabesp) precisam estar em perfeitas condições para o abastecimento.

Como funciona uma rede hidráulica?

As instalações hidráulicas funcionam com tubulações que se ligam umas às outras, com mecanismos de pressão e bloqueio para levar água a determinados locais de casas, apartamentos e outros imóveis.

O abastecimento é realizado com certa velocidade a partir da pressão da água nos canos, e com a abertura e o fechamento de mecanismos para liberar ou reter a água quando necessário.

Isso ocorre coletivamente em tubulações na rua, e individualmente nos canos que passam pelo imóvel, e abastecem, por exemplo, torneiras, chuveiros, vasos sanitários, entres outros locais.

Por isso, é necessário que essas tubulações passem por manutenções, e peças como canos, conexões e válvulas sejam trocados de tempos em tempos, ou quando surgirem problemas com vazamentos.

Tipos de redes hidráulicas

Instalações de água fria

Neste caso, estamos falando de tubulações na rede que abastecem a edificação de um modo geral.

Elas são compostas por um conjunto de tubulações que recebe o nome de rede de distribuição, e esta é formada por barrilete, coluna de distribuição, ramais e sub-ramais.

Além disso, compõem essas instalações: dispositivos e equipamentos hidráulicos, e reservatórios como caixas d’água.

Instalações de água quente

Neste caso aqui, as instalações hidráulicas são formadas por peças que são resistentes à água quentes, como no caso de chuveiros elétricos.

Em residências é comum ter aquecedores elétricos e a gás, e por isso, uma tubulação adequada para água quente é necessário em certas saídas hidráulicas.

Redes de esgoto

O sistema de esgoto em casas, prédios, e outros imóveis, é responsável pela retirada dos efluentes da rede sanitário para que sejam devidamente despejados em local adequado.

Nessa rede, a água suja passa antes pela caixa de gordura para depois ser levada para a rede pública destinada aos dejetos. Isso evita, entre outras coisas, entupimento por resíduos maiores.

A instalação de uma rede de esgotos precisa ser feito embaixo do solo, com uma limpeza completa dela a cada 6 meses, pelo menos.

Rede de águas pluviais

Essa parte das instalações hidráulicas se refere, basicamente, ao sistema de canos, tubulações e outros materiais responsáveis pelo escoamento da água da chuva.

Essa rede é composta por calhas, bocais de escoamento, tubos de coleta nas grelhas ou de escoamento na sarjeta.

O tipo de água que passa por essa rede, assim como a do esgoto, não é potável, mas, pode ser recolhida em cisternas e outros recipientes para trabalhos domésticos, como limpeza de calçadas.

Tipos de tubos utilizados na rede hidráulica

Cobre

Os tubos de cobre, até um tempo atrás, estavam substituindo outros canos mais antigos, especialmente, aqueles feitos de ferro.

No entanto, atualmente, já é possível encontrar alternativas aos tubos de cobre, com materiais mais resistentes de alta tecnologia.

Ainda assim, continua sendo um material bastante viável para instalações hidráulicas, porque suporta tanto água quente, quanto fria.

Além da durabilidade (tendo uma das maiores vidas úteis entre tubos hidráulicos), o cobre é bastante resistente à corrosão.

PPR (Polipropileno Copolímero Random)

Nesse caso, o tubo PPR mais recomendado é o do tipo 3, específico para instalações hidráulicas.

Pelo fato da sua superfície ser lisa, é um ótimo condutor de água, seja ela quente ou fria.

Existem dois tipos de tubos PPR: o azul e o verde.

O primeiro é mais usado em tubulações de ar comprimido, enquanto que o verde tem material mais leve e espessura mais grossa.

Portanto, o PPR verde é o mais indicado para instalações hidráulicas, seja para água quente ou fria.

PVC

Nas instalações residenciais, este tipo de cano é o mais comum, sendo usados especificamente para água fria.

Podem trabalhar a temperaturas de 200C, e são classificados entre soldáveis e roscáveis.

CPVC

Esse tipo de tido para rede hidráulica é mais resistente a altas temperaturas do que o de PVC simplesmente.

Em geral, podem suportar temperaturas de até 800C.

PEX

Neste caso aqui, o tubo é uma espécie de mangueira que liga um ponto de distribuição de água (quente ou fria) a outro.

Para tubulações em paredes, o sistema Drywall é o mais indicado, já que se trata de um tubo para conexões metálicas do tipo deslizantes.

PVC para esgoto

O diâmetro e a resistência desses tubos são mais adequados para esse tipo de sistema.

Podem ser encontrados em dois tipos: série normal (tubos brancos) e reforçada (tubos cinzas).

Instalação da rede hidráulica

Ligação de água e esgoto

O início de um projeto hidráulico começa com a ligação (ou conexão) feita entre as tubulações de água limpa e o esgoto.

Por isso, de acordo com as especificações de concessionárias como a Sabesp, é necessário fazer ligações corretas entre tubulações de água limpe e de esgoto, para evitar acidentes e vazamentos.

Instalações de canos de esgotos e de água pluviais

O próximo passo de uma instalação hidráulica é colocar as tubulações do esgoto antes da concretagem, especialmente, se e fundação do imóvel for rasa e o solo tiver baixa resistência.

A dimensão e o posicionamento dos ralos, sanitários e outras saídas de água precisam ser adequados de acordo com o projeto hidráulico.

Existem outros projetos, no entanto, em que essa etapa pode ser feita depois do levantamento das paredes.

Já a instalações de canos pluviais deve ser feita quando a obra estiver adiantada, pois, se trata do escoamento da água da chuva.

Caminho dos canos nas lajes

A etapa de instalações de tubos nas lajes deve ser feita antes da concretagem.

É quando ocorrem as especificações da caixa d’água que será instalada, bem como de algumas saídas de água.

Posicionamento de canos de água quente e fria

Esses canos serão embutidos nas alvenarias, especialmente, nas paredes.

Os cortes e as posições dessas tubulações precisam ser os mais adequados possíveis, pois, é quando serão instaladas as torneiras e chuveiros, por exemplo.

Colocação da caixa d’água

O projeto da rede hidráulica tem continuidade com a instalação da caixa d’água, sendo um dos processos mais importantes, pois, é ele que vai distribuir a água para as demais localidades do imóvel.

Portanto, detalhes como distância da caixa d’água para o chão determinam, por exemplo, o fluxo e a pressão que o líquido terá nos canos e saídas hidráulicas.

Teste de estanqueidade

Depois da instalação de todos os canos e registros do imóvel, é feito esse teste para verificar o bom funcionamento de todas as peças hidráulicas do sistema.

Também é um teste importante para localizar avarias antes de fechar as paredes do imóvel, prevenindo problemas futuros.

Vazamentos em redes hidráulicas

Um dos problemas mais comuns em uma rede hidráulica são os vazamentos, que podem ser ocultos ou visíveis.

Além disso, podem atingir pisos, tetos, paredes, lajes, solos, válvulas hydra, torneiras, chuveiros, caixas d’água, piscinas, etc, alguns sendo mais fáceis de localizar e consertar do que outros.

Esses vazamentos surgem por diversos motivos, como reformas mal feitas, alta pressão da água, e desgastes em canos e tubulações com o passar dos anos.

Muitas dessas avarias são simples de detectar e consertar, como chuveiro e torneira pingando, por exemplo, com o próprio usuário do imóvel podendo fazer a troca dessas peças.

Para casos mais graves, como vazamentos em tubulações embutidas na alvenaria de pisos, tetos e paredes, por exemplo, o mais recomendado é chamar um técnico de caça vazamentos ou encanador.

Eles possuem os equipamentos necessários, tanto para detectar, quanto para consertar as avarias sem quebra-quebra estrutural, e com mais rapidez.

E, como dá pra localizar esses vazamentos por conta própria para chamar esses profissionais?

A seguir, veja quais os principais sinais desse tipo de problema em redes hidráulicas.

Sinais de vazamentos na ree hidráulica

Manchas em pisos, tetos e paredes

Geralmente, os vazamentos ocultos por trás de alvenarias e outras partes da construção aparecem a olho nu por causa de manchas de mofo e bolor na superfície onde o cano está avariado.

Bolhas também são sinais de possíveis avarias na rede hidráulica que passa naquele ponto específico.

Esse vazamento pode ser causado por desgaste do tempo das peças, ou por avaria após uma reforma mal executada.

Conta alta sem explicação

Se do nada houver um aumento na conta de água sem motivo aparente, é necessário investigar para descobrir se tem algum vazamento no local.

Lembrando que essa conta mais alta pode ser devido ao aumento de consumo no imóvel, com mais pessoas morando ali, ou por causa da compra de aparelhos, como máquina de lavar roupas.

Se não for nenhum desses casos, então, é possível que tenha algum vazamento oculto que ainda não detectado por ser oculto.

Barulhos estranhos nas tubulações

Outro sinal de vazamentos na rede hidráulica é quando começam a surgir ruídos estranhos em locais onde tenham canos, especialmente próximos a pias, torneiras e chuveiros.

Se esses barulhos aumentam à noite, é necessário ficar atento para contratar um serviço de caça vazamentos.

Descoloração das paredes e descolamento de azulejos

Outro indício muito comum de vazamentos é quando a tinta das paredes e tetos começa a perder a cor devido a possíveis infiltrações nesses locais.

Quando o azulejo ou piso também começam a descolar ou a ficar com “relevo” é necessário chamar técnicos da área ou encanadores, pois, o problema de vazamentos já deve estar grave.

Além disso, o surgimento de pequenas poças de água, especialmente em locais como torneiras ou ao redor do vaso sanitário são outros indícios desse problema.

Prevenção de vazamentos na rede hidráulica

Para evitar problemas maiores com vazamentos, é preciso tomar alguns cuidados necessários como forma de prevenção.

Entre essas precauções, podemos citar:

Usar materiais hidráulicos de qualidade

Para evitar vazamentos uma das formas mais eficazes é comprar materiais de qualidade para compor esse sistema, de canos a conexões.

Não precisam ser necessariamente peças muitas caras, mas, uma dica é que sejam materiais com certa durabilidade, e, preferencialmente, da mesma marca.

Inclusive, caso a rede hidráulica do imóvel nunca passou por uma manutenção, faça o quanto antes, e troque canos de ferro por materiais feitos de cobre e PVC.

Verificação constante do hidrômetro

Para evitar qualquer tipo de vazamento, uma dica é olhar com certa frequência o hidrômetro.

Esse aparelho pode ajudar a localizar avarias hidráulicas casos esteja funcionando bem.

Basta não consumir água no imóvel, e ver se os ponteiros dele continuam girando como se estivesse tendo consumo no local.

Portanto, verificar o hidrômetro de vez em quando não somente previne contra vazamentos, como também ajuda numa localização mais imediata desse tipo de avaria.

Tomar cuidado com canos expostos

Outra maneira bastante eficaz de prevenir vazamentos é preservando canos que sejam expostos no imóvel.

Uma forma de fazer isso é evitando colocar peso em cima deles, e também tomando cuidado para garantir que essas tubulações não sofram nenhum tipo de atrito.

Para garantir uma maior proteção a partes expostas do encanamento, a recomendação é colocar uma proteção em volta da tubulação.

Fazer reformas sabendo por onde passam os canos

É comum que vazamentos aconteçam devido a falhas provocadas por reformas mal feitas ou mal planejadas.

Não precisam ser necessariamente grandes reformas, mas, é essencial que se saiba por onde passam os canos no imóvel para evitar avarias.

Qualquer pequeno furo em um cano pode causar infiltrações que irão deteriorar a superfície de pisos e paredes, por exemplo.

Por isso, em caso de grandes reformas, a indicação é contratar profissionais qualificados da área, e em casos de pequenas ações, tomar cuidado com furos em paredes e outros locais do imóvel.

Verificar pequenas avarias em saídas de água

Muitas vezes, grandes vazamentos começam com uma simples avarias em peças como torneiras, chuveiros e cavaletes.

É preciso ficar atento a esses pontos, pois, se começarem a pingar com frequência, pode ser que precisem de reparos, ou da troca completa do equipamento.

Essas são peças muito vulneráveis a avarias hidráulicas, e por isso, a recomendação é sempre tentar comprar aquelas com material de qualidade para evitar vazamentos antes do tempo.

Profissionais de caça vazamentos

Para garantir que a rede hidráulica funcione de maneira correta e precisa, muitas vezes, é necessário contratar empresas de caça vazamentos ou profissionais específicos dessa área.

Há três profissionais que podem auxiliar na localização, no conserto e na manutenção de avarias em tubulações hidráulicas, e são eles:

Técnico de caça vazamentos

Geralmente, o técnico realiza um trabalho completo que vai da detecção mais precisa da avaria até o seu conserto mais imediato.

Além disso, ele também pode ser contratado para fazer a manutenção das instalações hidráulicas do imóvel, especialmente, se o local nunca teve um serviço desse tipo.

Para garantir esse serviços completo, o profissional usar equipamentos modernos, a exemplo do Geofone, que ajudam na identificação mais exata possível da avaria.

A cobrança pelo trabalho deles é feita em duas partes, a primeira sendo referente à visita, com direito à localização de todos os vazamentos do imóvel, e depois ao conserto em si.

Encanador

Um encanadores, na maior parte das vezes, trabalha na construção civil, fazendo a instalação de equipamentos hidráulicos de diversos tipos.

Mas, eles também podem auxiliar na detecção e conserto das avarias mais variadas possíveis.

Esse profissional em empresas de caça vazamentos trabalha com os mesmos equipamentos que um técnico, auxiliando, especialmente, na detecção de problemas de difícil localização e resolução.

Desentupidor

Um desentupidor profissional trabalha desobstruindo canos e tubulações que estejam entupidos por qualquer motivo, principalmente por causa de resíduos.

Ele presta serviço para desentupidoras, mas, também pode trabalhar em empresas de caça vazamentos.

O serviço geralmente engloba desobstrução de esgotos e fossas, mas, ele pode ser contratado para desobstruir sistemas menores da rede hidráulica, como canos ligados a ralos de banheiros, por exemplo.

Detecção e reparos hidráulicos

Os consertos de vazamentos na rede hidráulica podem se dar de diversas formas, podendo ser feitos pelo usuário do imóvel, em caso de avarias menores, ou por profissionais da área em se tratando de vazamentos mais complicados.

Quando é necessário contratar um técnico ou encanador de caça vazamentos (ou mesmo um desentupidor) para efetuar repros hidráulicos, eles trabalham com alguns equipamentos, como:

  • Geofone
  • Hidrofone
  • Infra-vermelho
  • Micro-câmera

Aós a detecção meticulosa da avaria, é feito um orçamento detalhando todos os passos do conserto.

Caso o cliente aprove esse orçamento, o reparo tem início, e após a conclusão dele são emitidos dois documentos:

  • Laudo técnico (comprovante do serviço)
  • Garantia (de até 2 anos)

O preços dos serviços são variados, e vão depender da extensão do problema e da dificuldade de localização e reparo do problema.

Há consertos, por exemplo, que custam cerca de R$ 200,00, referentes a pequenos vazamentos em pias, torneiras e chuveiros, e há os que custam R$ 3.000,00, que se tratam de reparos em piscinas.

O tempo de conserto pode variar de acordo com a gravidade da situação, podendo ir de alguns minutos, até horas.

Vantagens dos serviços de caça vazamentos para rede hidráulica

Rapidez no conserto

Entre os principais benefícios de contratar os serviços de técnicos e encanadores de caça vazamentos para consertar redes hidráulicas está o de fazerem um reparo bem rápido da avaria.

Além de experientes, eles operam com equipamentos de última geração para localizarem o vazamento mais rápido.

Emissão de comprovantes do serviço

Após o conserto da avaria na rede hidráulica do local, esses profissionais emitem documentos importantes, que, de um modo geral, servirão para comprovar o serviço realizado por eles.

São eles: o laudo técnico e a garantia (esta, podendo ser de até 2 anos), e podem servir, por exemplo, para contestar conta de água alta em decorrência de vazamento.

Atendimento personalizado e 24 horas

Outro ponto importante dos benefícios que técnicos de caça vazamentos trazem é poder fazer um serviço personalizado, de acordo com a necessidade de cada situação.

Também atuam, em boa parte dos casos, 24 horas por dia, visto que a identificação de um vazamento pode ser feita a qualquer dia e horário, e muitas vezes o conserto precisa ser feito com urgência.

Solução imediata independente do imóvel

Outra vantagem que a contratação de técnicos de caça vazamentos traz é que o conserto da avaria pode ser feito de maneira imediata antes que o problema cause muitos desperdícios no imóvel.

Pode ser uma casa, um apartamento, ou qualquer outro tipo de imóvel, de tamanhos variados, que esses profissionais consertam qualquer problema na rede hidráulica, mesmo as mais ocultas.

Reparos hidráulicos residenciais

Você obtém diversos benefícios através dos serviços de reparos hidráulicos residenciais oferecidos pela Ligeirinho, e que você pode conferir através de nosso site, ou ligando para nós.

Em caso de faturas irregulares devido a vazamentos, nossos técnicos/encanadores/caçadores de vazamentos identificam o ponto exato e os reparam, seja na Caixa d'água, caixa acoplada, válvula hydra, cavalete de água ou em outros lugares da rede hidráulica.

Bem como, no caso de um vazamento estar iniciando no subsolo, piso ou paredes, mesmo os mais ocultos, com o uso de aparelhos modernos, podemos identificá-los e consertá-los da mesma maneira.

FAQ: Rede hidráulica

  • O que é uma rede hidráulica residencial?

    Trata-se de um conjunto de canos e tubulações que transporta água por toda a extensão do imóvel onde tenha saídas como torneiras e chuveiros, e que, por sua vez, liga-se a uma rede maior, da rua, comandada por empresas concessionárias de abastecimento.

  • Como funciona um sistema hidráulico?

    Uma rede hidráulica comum funciona através de um sistema de canos e tubos interligados, levando água tratada por concessionárias para diversos pontos de uma localidade, e que precisam de constantes manutenções.

  • Como é feita uma instalação hidráulica?

    Uma rede hidráulica padrão é feita com a ligação de canos, muitos deles instalados de modo subterrâneo, garantindo assim a preservação deles com o tempo.
    Uma rede dessas é feita pela junção de projetos arquitetônicos e hidráulicos com os seguintes componentes: Caixa d'água, redes de distribuição de água fria e quente, coleta de esgoto e águas pluviais.

  • Quais os materiais utilizados em uma rede hidráulica?

    Antigamente os canos eram feitos de cobre, mas, que, com o passar do tempo, enferrujavam com facilidade. Hoje em dias, as tubulações usadas são feitas de cobre (mais resistente) e de PVC para canos que não exijam tanta resistência.

  • Quais os tipos de redes hidráulicas?

    Por terem diferentes configurações por conta da disposição das suas tubulações principais e do sentido do escoamento, as redes hidráulicas, hoje em dia, são classificadas em: ramificadas, malhadas ou mistas.
    A primeira é um tipo de rede que possui um abastecimento através de uma tubulação principal e passa por outras secundárias.
    A malhada é um tipo de rede cujas tubulações principais formam aneis ou blocos, flexibilizando mais o abastecimento de água.
    E, por fim, a rede hidráulica mista é uma mistura de ambos os sistemas anteriores.

  • Quais os tipos de tubulações em uma rede?

    Entre os tipos principais de tubulações de uma rede hidráulica, estão as instalações de água fria e quente, além de redes de esgoto e de água pluviais.

  • Quem trabalha com rede hidráulica?

    Os profissionais que trabalham em redes hidráulicas são encanadores, tanto para a instalação e manutenção, como para o reparo das avarias, e os técnicos de caça-vazamentos, que trabalham também com prevenção e conserto de canos, além dos técnicos desentupidores.

  • Quais cuidados devo ter com a rede hidráulica?

    É preciso ficar atento para a realização de reformas, impedindo que canos e tubulações sejam danificados, e evitar atritos que possam danificar canos externos.

  • Como preservar uma rede hidráulica residencial?

    Para preservar a rede hidráulica de um imóvel é necessário fazer a troca de canos de ferro por outros que sejam de cobre ou PVC, e fazer a manutenção dos canos e tubulações a cada 2 ou 3 anos.

  • Qual empresa faz reparo hidráulico residencial?

    A empresa que detecta e conserta vazamentos de água é chamada de caça-vazamentos, e ela também pode fazer a manutenção da rede sempre que for necessário.

  • Quais pontos mais vulneráveis em uma rede hidráulica?

    Os locais mais vulneráveis de uma rede hidráulica são os pontos externos dela, seja uma torneira, pia, chuveiro, vaso sanitário ou caixa d’água, mas, também tubulações expostas, principalmente em quintais.

  • Quanto custa em média uma instalação hidráulica residencial?

    A instalação de uma rede hidráulica em uma casa ou apartamento comuns custa entre R$ 300,00 e R$ 900,00 em média, podendo variar devido às condições da tubulação antiga e nos locais onde o serviço está sendo feito, se são de fácil acesso ou não.

  • Quanto custa em média um reparo hidráulico residencial?

    O preço de um reparo hidráulico dependerá de fatores como gravidade da situação e dificuldade de acesso. O conserto de uma torneira ou se um sistema de vaso sanitário, por exemplo, pode custar R$ 200,00, enquanto que o reparo em piscinas, R$ 3.000,00.
    Geralmente o conserto se refere a troca de canos, e se este forem em locais de fácil acesso, o preço custa em torno de R$ 300,00 a R$ 400,00, mas, se forma em lajes, em tubulações de caixas d’água ou embaixo de pisos, o valor pode chegar a mais de R$ 1.000,00.
    Por isso, é importante fazer sempre um orçamento com a empresas de caça-vazamento que pretende contratar (como a Ligeirinho) para saber se o serviço cabe no orçamento.